Diálogos com Zygmunt Bauman

No último dia 23 de julho, sábado, uma equipe conjunta da CPFL Cultura e do Seminário Fronteiras do Pensamento foi recebida pelo professor Zygmunt Bauman, em sua casa, na cidade de Leeds, Inglaterra. O objetivo era gravar um depoimento para nosso site e para os assinantes do Fronteiras do Pensamento, edição 2011, que conta com parceria da CPFL Energia e de seu programa cultural, a CPFL Cultura. O vídeo de cerca de trinta minutos, que agora está disponível no site, é o primeiro resultado deste encontro e apresenta alguns dos momentos da entrevista concedida por Bauman com exclusividade para o público brasileiro. Outros produtos estão sendo preparados a partir do material coletado e estarão disponíveis ainda neste ano. Acompanhe aqui em nosso site as informações.

[vimeo]http://vimeo.com/27702137[/vimeo]

Encontro com Bauman

A reunião na Inglaterra foi a maneira encontrada para garantir ao público brasileiro o acesso direto às idéias daquele que é considerado o principal sociólogo em atividade e certamente um dos mais importantes pensadores da contemporaneidade e que, por problemas familiares, não pode viajar ao Brasil como planejado.

[pictobrowser 28674719@N05 72157627455471910]

Previsto para durar aproximadamente sessenta minutos, o encontro se alongou por cerca de três horas. Bauman revelou-se uma pessoa de extrema simpatia e cordialidade com a equipe que virtualmente “invadiu” sua casa naquela tarde de verão inglês com câmeras de cinema, gravadores de som e equipamentos profissionais de iluminação. Coordenada pelo cineasta brasileiro Henrique Goldman, o mesmo diretor do longa metragem “Jean Charles”, a equipe de TV era composta por ingleses e brasileiros radicados na Inglaterra e com grande experiência na produção de filmes pra cinema, TV e publicidade.

A entrevista foi gravada na sala de leitura da casa onde Bauman mora há 41 anos, em um dos subúrbios residenciais da cidade industrial de Leeds. Bauman nos recebeu em um ambiente familiar despojado, marcado por imagens de sua esposa Janina Bauman, de seus filhos e netos e de muitos livros em variados idiomas. Foi uma longa conversa que tratou de expectativas para século XXI, Internet, a necessidade de construção de políticas globais, a construção de uma nova definição de democracia e incluiu alguns dos temas sugeridos aqui, pelos visitantes do nosso site.
Agradecemos novamente as excelentes contribuições que recebemos sobre os assuntos que poderíamos tratar com este que é um dos principais pensadores do mundo contemporâneo e grande influência do Café Filosófico CPFL.

Bauman e o Café Filosófico CPFL

Zygmunt Bauman é uma das principais referências conceituais da CPFL Cultura, desde a criação do nosso programa cultural em 2003. Bauman nos alertou, principalmente, para a urgência da reinvenção dos laços humanos. Entendemos, com ele, que as identidades tradicionais se dissolveram na efemeridade afetiva da modernidade líquida. Orientados pela refinada visão de Bauman sobre a fluidez dos laços humanos, dos conceitos e dos saberes na contemporaneidade, definimos que nosso Café Filosófico CPFL assumiria o desafio de pensar as novas identidades e as novas formas de saber. Contar com a participação direta de Zygmunt Bauman em nosso programa é uma conquista que, com muito prazer, partilhamos com nossos internautas a partir de agora.

,

36 Responses to Diálogos com Zygmunt Bauman

  1. Bruna 17 de agosto de 2011 at 14:14 #

    Muito bom! Obrigada por compartilhar essas ideias e palavras conosco!

  2. kusum toledo 17 de agosto de 2011 at 16:01 #

    Maravilhosa contribuição quase emocionante.

  3. Jaci 18 de agosto de 2011 at 10:21 #

    Lucido e encantador….

    Jaci

  4. nome Regina Di Jorge 19 de agosto de 2011 at 6:25 #

    Agradeço muitíssimo a disponibilidade do video.

    Encantador, emocionante, ….Obrigada!

    Regina

  5. Nilza Maria 19 de agosto de 2011 at 12:15 #

    Estou profundamente agradecida pela iniciativa de vocês e pela oportunidade de ver e ouvir as idéias tão lúcidas e esclarecedoras desse grande homem.

  6. Isa 21 de agosto de 2011 at 17:54 #

    Linda a entrevista! Aprendi ainda mais com ele! :D

  7. Regina Maria Scotton 22 de agosto de 2011 at 18:20 #

    Para compreender Bauman é necessário nos despirmos de todos os aparatos tecnológicos que nos insere dentro da rede.Vários pontos de sua fala são muito importantes. Entre eles eu aponto seu questionamento:Qual é a diferença entre Rede e Comunidade? Ao ouví-lo notei nele suas convicções partindo de uma realidade sistematizada e a que ele outrora vivenciou.Liberdade está num contexto aprioristico demandando segurança e vice versa.Parabéns Bauman!Vou pensar muito depois de ouví-lo.

  8. Mercia maria da Silva Procópio 22 de agosto de 2011 at 19:52 #

    Felicidade, quantos de nós não almejamos alcançá-la? Tão perto está de nós, basta que queiramos!
    Maravilhoso ouvir do sociólogo Zygmunt Bauman, verdades tão universais!

  9. Edna Luz 22 de agosto de 2011 at 20:42 #

    Maravilha ter a oportunidade de ver a entrevista,é de muito aprendizado.Bela iniciativa da cultura disponibiliza-na no site.
    Agradecida
    Edna Luz

  10. Katia Helena Barbosa 22 de agosto de 2011 at 20:56 #

    Insira seu comentário aqui.Tudo muito lindo e real … Podemos criar laços , ter segurança com um pouco de liberdade , e ainda fazer escolhas entre tantas opções proporcionadas pelo destino a partir do nosso caráter …. Enfim podemos sentir a tão sonhada felicidade … Como ??? Amadurecendo, crescendo, aprendendo , tendo vida própria , mesmo que fora das “redes” , afinal escolhemos ter segurança com um pouco de liberdade ! Uma benção !!! Deus nos abençoe. Kátia – Uberaba/MG

  11. Melissa Moura 22 de agosto de 2011 at 21:15 #

    Bauman é demais. Obrigada por compartilhar conosco as idéias sociólogo incrível!

  12. Marcos Oliveira 22 de agosto de 2011 at 21:16 #

    Muito grato por essa excelente oportunidade de participar dessa rica fala do professo Baumam.

  13. Pedro 22 de agosto de 2011 at 23:02 #

    o vídeo está parando em 5:47¨….

    não dá para concertar~

  14. Felipe Lavignatti 23 de agosto de 2011 at 1:18 #

    o vídeo está normal. experimente carregar de novo

  15. Eliana 23 de agosto de 2011 at 12:21 #

    Momento rico de humanidade. Obrigada!

  16. Marta 23 de agosto de 2011 at 14:13 #

    Excelente trabalho! Muito interessante! Bauman além de ser uma pensador muito lúcida, é também muito simpático. Estou ansiosa pelos próximos vídeos. Parabéns à equipe!

  17. Cristiano Clavelin 22 de março de 2012 at 16:38 #

    Extremamente motivador poder saber mais deste grande professor, obrigado!

  18. Sandra Gonçalves 31 de março de 2012 at 10:07 #

    Agradeço à CPFL Cultura por nos proporcionar a oportunidade de assistir a palestras como essas que nos enriquecem tanto culturalmente. Ler Bauman ou assistir a suas palestras nos faz
    compreender um pouco desse mundo de tão caótico que estamos
    vivendo. Valeu pessoal!

  19. CARLOS ENRIQUE FRANCO 2 de abril de 2012 at 15:38 #

    MUY BUENO, QUE LASTIMA QUE UN CONTENIDO COMO ESTE NO LLEGUE PARA TODOS CON MAS FACILIDAD.
    FELICITACIONES POR EL PROGRAMA MUY BUENO

  20. Marco Ogê Muniz 20 de abril de 2012 at 10:19 #

    É impressionante o quanto Bauman consegue simplificar assuntos tão complexos sem perder a profundidade das análises. Cada frase dita por ele desperta em quem assiste pensamentos diversos, reflexões que nos ajudam a compreender as complexidades contemporâneas.

    Parabenizo a equipe do CPFL Cultura e agradeço por disponibilizar o vídeo.

    Abraços,
    Marco Ogê.

  21. waldenyr caldas 22 de abril de 2012 at 19:45 #

    Zygmunt Bauman reune o talento intelectual de um homem estudioso, com a experiência de quem sabe o que falar não só porque aprendeu nos livros, mas também porque seus mais de 80 anos o permite aliar saber científico e experiência de vida. Conheço bem sua obra e me impressiona a forma lúcida e simples com que explica os problemas complexos das relações humanas, não apenas no cotidiano, nas questões profissionais, mas também no âmbito das relações capital X trabalho, imigração, racismo e cultura de massa, entre outras coisas. Seu trabalho me lembra muito as refinadíssimas análises de Adorno, quando elaborou sua teoria crítica da cultura.

  22. CArlos LOPES 30 de abril de 2012 at 10:21 #

    PARABÉNS !! FOI UM DOS MELHORES CAFÉS FILOSÓFICOS QUE JÁ VI!! SERÁ QUE EXISTE ESSA ENTREVISTA NA ÍNTEGRA??

  23. Carlos Roberto Jacob Junior 30 de abril de 2012 at 10:49 #

    É sempre gratificante partilhar o conhecimento, ideias e pensamentos (reflexões) que, edificando nosso ser, nos faz sermos pessoas melhores. Sobretudo num mundo como o dos dias atuais, onde a crise de valores caminha de mãos dadas coma crise de identidade da humanidade em caminho… Agradeço, de modo especial, à CPFL pelo espaço disponibilizado e que tanto bem nos tem feito!

  24. Valneo Pileggi 30 de abril de 2012 at 15:49 #

    À Equipe da TV Cultura,

    Parabéns à todos pela excelente programação e assuntos abordados, justificando em muito o nome da TV Cultura.

    O povo brasileiro há muito tempo carece de programas educativos e culturais para o seu verdadeiro desenvolvimento social.

    As consequências disto se fazem presentes na violência e na corrupção em seu mais alto grau, as quais diariamente vemos noticiado pelos meios de comunicação.

    O Governo Federal e seus Ministérios da Educação e das Comunicações, bem como, os Governos Estaduais deveriam dar um apoio bastante maior e investir muito mais em programas como estes., como o fazem os paises mais desenvolvidos do mundo.

    Valneo Pileggi

  25. jandira Lopes de oliveira 4 de maio de 2012 at 16:45 #

    O Café Filosófico é sempre um programa MARAVILHOSO , é daquelas coisas que nos dão, além do conhecimento um grande alento de esperança que um dia a gente cresça como povo. Mas desta vez, o Café Filosófico se superou! É uma grande experiência poder ver e ouvir um sábio como Prof. Bauman. Por favor, gostaria muitíssmo poder comprar um dvd desse programa. Será possível? E, caso seja possível, como fazê-lo? Mais uma vez parabéns à TV Cultura e a CPFL
    Jandira

  26. ana izabel corrêa 19 de maio de 2012 at 10:15 #

    Emocionante! Que lucidez, que profecia – este homem tem 86 anos!
    Magnífico! Temos que divilgá-lo mais e mais….

  27. Marlon Lucas 25 de maio de 2012 at 21:33 #

    Sou estudante de filosofia e estou bastante satisfeito com esse trabalho da equipe organizadora. Parabéns a Bauman, quanta Sabedoria, quanto conhecimento, quanta juventude!

  28. Andréa Salcedo M.S.Gomes 4 de junho de 2012 at 11:36 #

    Simplesmente maravilhoso e muito atual! Um gênio da filosofia!

  29. Heraldo CF 15 de junho de 2012 at 15:00 #

    Muito esclarecedor. e nos da a ideia das diferentes percepções que a democrascia teve desde seus primórdios até hoje.
    Parabéns a toda a equipe CPFL.

  30. EDUARDO PUPIM FILHO 5 de julho de 2012 at 20:10 #

    Como um grande admirador do programa “Café Filosófico”, que sempre fui em razão de sua seriedade e comprometimento com a qualidade do nível intelectual, tanto dos apresentadores quanto dos palestrantes e entrevistados, venho agradecer o carinho para conosco, em disponibilizar-nos a riquíssima entrevista de Zygmunt Bauman, que muito nos acrescentara.

  31. Gabriel Keller 16 de julho de 2012 at 0:09 #

    Excelente vídeo!
    Existe algum local em que estejam disponíveis na íntegra as quase 3 horas de conversa com Bauman?
    Obrigado!

  32. Renato Caixeta 28 de outubro de 2012 at 23:00 #

    Zigmunt Bauman me fez refletir com mais profundidade sobre diversos temas. Não o conhecia, passei a conhecer e admirar seu trabalho por meio dessa entrevista, a qual merece elogios pela sua qualidade.

  33. Ótimas palavras de Bauman, principalmente a última fala a meu ver, que diz que podemos admirar Sócrates mas não temos que copiá-lo para ser uma pessoa melhor, cada um de nós é melhor quando se é autêntico. Mas para ser é preciso conhecer experiências de homens sábios como ele e pensamentos que nos estimulem a entrar nas profundezas de nós mesmos, retirando o melhor que pudermos para contribuir para uma melhor interação neste mundo. Gostaria de saber se não há mais material sobre Bauman nesta entrevista que durou 3 horas. Foram editados 30 preciosos minutos, mas deve haver mais e seria bom dispobilizar outras idéias deste sociólogo maravilhoso. Obrigada, Cândida Leão.

  34. Ronaldo Augusto Maguetas 28 de novembro de 2012 at 11:51 #

    Que programa maravilhoso. Fantástico. Quanto conhecimento nos foi transmitido em quase uma hora de duração do programa. Conhecimento que transcende este plano dimensional que vivemos. Parabéns a TV Cultura e a CPFL Energia. Muito Obrigado.

  35. Maria Elena dos Santos 13 de fevereiro de 2013 at 1:02 #

    Sem dúvida uma excelente oportunidade de reflexão,navegando ao acaso deparei com esse presente.

  36. Marcia Abreu 10 de abril de 2013 at 17:49 #

    Muito bom, intelectual, exemplo de pessoa…..